A Quarta Revolução Industrial e a era cognitiva - Inovação Radical

ESPM - São Paulo
  • Extensão
  • 06/02/2017
  • ESPM - São Paulo

SOBRE O CURSO

"Período de inscrições: até 05 de fevereiro"
Aula 06 à 09 de fevereiro de 2017 - 2ª à 5ª feira das 19h30 às 22h30

OBJETIVOS

Compreender os impactos da era cognitiva e da Quarta Revolução Industrial.

Entender como o data age, matemathical thinking, M2M (machine to machine), inteligência artificial, realidade virtual, social data and networks, humanoides, big bang disruptura, transformação digital, DIY generation (makers), nanotecnologia, impressão 3D, revolução P2P, bitcoin, computação cognitiva,  era dos drones, revolução das plataformas Apps, internet das coisas, crowded orbits e uma série de palavras sem tradução potencializam novas formas de ver e agir no mundo.

Discutir novos modelos negócios e a gestão da mudança, a gestão da inovação e gestão do futuro numa economia em constante mudança. Debater quais os desafios da sociedade em rede, da economia circular, da economia criativa, da colaboração coletiva e do empreendedorismo de alto impacto. Debater também o mfuturo da colaboração, startups, as empresas do século XX, as pessoas do século XXI e o choque de gerações. Estudar os conceitos do ecossistema da inovação na quarta Revolução Industrial, a era dos valores e o desemprego tecnológico. 

PÚBLICO-ALVO

A todos que estão preocupados em se transformar em gestores de inovação e que reconhecem o papel-chave da inovação radical e da Quarta Revolução Industrial no ambiente de negócios atual.

Projetada para gestores de inovação, empreendedores e profissionais de TI, e empresários que precisam adquirir uma compreensão melhor desta nova era.

Enxergando os elementos-chave dos vários canais do mundo.com, os profissionais irão se preparar para obter sucesso nesse novo cenário de muita velocidade, dinamismo e competição.

Apesar de temas complexos, a curadoria preocupou-se em desenvolver um curso, no decorrer qual, repleto de conhecimentos teórico e prático, iniciantes tornam-se planejadores e iniciados tornam-se líderes de projetos de Social TV.

POR QUE PARTICIPAR

 

Ferramenteiros pensam na exaustão do dia a dia; pensadores estratégicos trazem o futuro para hoje.

São tempos de mudanças complexas, aceleradas e radicais (disruptivas).

Tempos de curar o mundo das doenças dos séculos passados, de criar novas possibilidades de emprego, de acabar com a pobreza, de reduzir a emissão de carbono, de manter a Amazônia de pé, de criar energia limpa, de resolver os grandes problemas da humanidade. Tempos dinâmicos, explosivos e de novas estratégias em complexidade, velocidade, convergência, conectividade global futurista, economia do conhecimento freelancer market place designing the future.

Nossas boas ideias e inovações lidarão com os desafios que surgirem, buscando melhorar nossa qualidade de vida, nos permitir viver com mais leveza nesse planeta e nos ajudar a cuidar melhor uns dos outros.

Efervescência criativa. A revolução científica, o Iluminismo e a Revolução Industrial.

Singularidade, termo que Von Neumann cunhou e que o futurólogo Ray Kurzweil e o escritor de ficção científica Vernon Vinge popularizaram. A maneira como esta nova era cognitiva cria valores, além de uma nova vantagem competitiva e novas formas de gestão e processos organizacionais.

Entender as vantagens e os desafios da Quarta Revolução Industrial, da economia da inovação e da singularidade tecnológica levará o mundo a uma era de prosperidade sem precedentes.

Compreender que nunca houve momento melhor para ser um profissional com habilidades especiais e com a educação certa. Perceber na segunda era das máquinas o que prevalece são ideias, não objetos; mente, não matéria; bits, não átomos; e interações, não transações. Dialogar sobre tempos de inovação radical e disruptura, criando novas realidades e um futuro, que nunca foi tão tangível no mundo dos negócios. Vislumbrar como a transformação digital e a era cognitiva criam os novos caminhos da produtividade, da liderança, da motivação e inovação em tempos de transição.

O mundo dos negócios e a academia se debruçam para criar um novo nome para o capitalismo. Chamam de capitalismo do propósito, capitalismo compartilhado ou capitalismo criativo – e a lista é longa. O nome não importa e, sim, o movimento.

Disney Accelerator, Garages Ge Works, Coca-Cola Startups, Cisco Entrepreneurs são iniciativas de empresas globais que se voltam para a inovação global, feita nas garagens e com pitadas de um capitalismo consciente.

Saem a fábrica de alfinetes de Adam Smith, a planta automotiva de Henry Ford, a corporação de Peter Drucker e as cinco forças de Michael Porter.

Vivemos a transição dos paradigmas da escassez e da organização industrial, para os paradigmas da abundância e da sociedade em rede. Trocam-se empregos chatos para apertar parafusos por empregos em rede de alto coeficiente emocional, espiritual e intelectual, que geram mais riqueza para investir nas garages globais.

A engenharia social nas corporações mudará nosso mundo e nos dará mais tempo para sonhar e pensar.

Grande parte dos modelos de gestão não são favoráveis à inovação e o ambiente organizacional precisa promover essa mudança. Você vai entender que liderar com sucesso um ambiente em constante mudança exige inovação radical, requer um novo pensamento e uma abordagem diferente.

Na era da inovação, a criatividade não se esgota; acumula-se, não respeita limites. Sempre colocando o ser humano no centro e o passado como referência, eles se harmonizam nas palavras de um professor, que reflete: “sem a lousa, sem o giz, sempre o livro de papel e sem o computador, eu não ganharia o Nobel”.

RESULTADOS ESPERADOS

Enxergando os elementos-chave da inovação radical e da Quarta Revolução Industrial, os profissionais irão se preparar para obter sucesso nesse novo cenário de muita velocidade, dinamismo e competição.

PROGRAMA

Aula 1

•   Uma breve história da inovação radical e como chegamos à Quarta Revolução Industrial;

•   A terceira onda da tecnologia;

•   Futuro preditivo – smart prediction, smart machines, smart business e smart devices;

•   O Mundo Vuca – volátil, incerto, complexo e ambiguo (tradução em Português);

•   A era dos makers – inovação e criatividade radical, digital e líquida;

•   As empresas exponenciais e unicórnios;

•   A transição do paradigma da escassez – organização industrial para o paradigma da abundância – organização em rede;

•   Disruptura – estamos prontos?

 

Aula 2

•   As novas fronteiras da revolução cognitiva – plataformas fisital, M2M, IOT, fintechs, lawtechs, humanoides, open innovation, computação cognitiva, design da internet das coisas;

•   Quando será a ruptura? Quanto tempo demorará? Como afetará a mim e a minha empresa?

•   O big bang da inovação da singularidade à entropia;

•   Do físico para o digital (fisital);

•   Do tangível para o intangível (inovação);

•   Do operador para transformador digital (estratégia);

•   (Liderança) Do chefe para o cocriador;

•   (Clientes) Do consumidor para o advogado de marca;

•   (Gestão) Das conexões para o cognitivo;

•   (Métricas) Do big data para mathematic thinking;

•  E-futuro? A era digital e a inovação radical.

 

Aula 3

•   Gestão da mudança, gestão da inovação, gestão digital e gestão do futuro na era da criatividade;

•   Revolução Francesa vs Revolução Industrial vs Revolução dos Makers;

•   Propósito e valores antes dos lucros – o novo ecossistema da inovação; 

•   Uma era de mudanças ou uma mudança de eras?

•   Economia criativa, a era da mobilidade e a sociedade em rede;

•   A inovação da GE – o único membro sobrevivente do Índice Dow Jones original de 1896 está reafirmando;

•   O novo ROI – retorno sobre a inovação.

 

Aula 4

•   Liderança e inovacão no século XXI;

•   As tendências globais;

•   Como estrelas globais se transformaram na era cognitiva;

•   Transformação tecnológica – organizações e inovação radical: “Colocando Ideias para Trabalhar”;

•   A Cultura Netflix versus a Cultura Kodak;

•   Pixar e sua fábrica de inovação e criatividade.

Visando em acompanhar tendências mundiais, a ESPM está aderindo formas mais sustentáveis de trabalhar. Uma delas será a adoção do o envio de materiais de aula para os estudantes em formato digital após o término do curso.

METODOLOGIA

Apresentação e discussão descontraída de informações, com a utilização de exemplos e cases clássicos, contemporâneos e polêmicos. Atividades curtas e lúdicas para dinamizar e facilitar a compreensão de conceitos complexos. Formação de grupos de trabalho para discutir os desafios propostos. Aplicação de Canvas (business model generation), rethinking brand e aplicação de inovação trendwatching. 

PROFESSOR

Gil Giardelli é estudioso de Cultura Digital, com 17 anos de experiência, Educador, web ativista, difusor de conceitos e atividades ligados à sociedade em rede, colaboração humana, economia criativa e inovação digital. Estudou Radical Innovation e Social Data no Massachusetts Institute of Technology (MIT); Mass Communication na King’s College London; Relações Internacionais na Universidade de São Paulo (USP); e Desenho Industrial na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Hoje faz parte do XMedia da Universidade de Stanford, em que pesquisa o impacto da inovação e a transformação digital no mundo dos negócios, e leciona nas matérias de Gestão da Mudança, Gestão da Inovação e também na cadeira de Liderança no século XXI. É professor nos cursos de Pós-Graduação e MBA na ESPM – Escola Superior de Propaganda e Marketing; do Miami Ad School; e do Centro de Inovação e Criatividade ESPM (CIC). É também professor dos MBAs do INEPEAD/USP em Inovação Digital. É fundador da Gaia Creative 5era, empresa em que aplica inteligência de comunicação digital, economia colaborativa, gestão do conhecimento e inovação para empresas e instituições como Conselho Nacional da Indústria (CNI), Grupo CCR, Odebrecht, Marfrig, Petrobras, BMW Brasil, Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, Kenwood/De’Longhi, entre outras. Foi eleito pelo Meio&Mensagem como o quarto mais inovador da indústria digital e pela Revista Proxxima, como um dos cinco professores mais inovadores do Brasil. Eleito em 2014 pela Revista Social Media Marketing como o 11.º mais influente professor de MBA global, ao lado de professores de Stanford, Oxford, MIT, Chicago. 

É, também, conselheiro do Comitê de Inovação, Criatividade e Economia Criativa da FECOMERCIO. Conselheiro da ACM/YMCA. Conselheiro Autor do livro “Você é o que você compartilha” e outros cinco livros. É colunista da Revista Você S.A, blog na Exame. É conferencista em mais de 800 eventos como RioInfo, Fórum de Inovação RJ, The Economist Insightsm WebExpoForum, TEDx, em empresas e instituições, como Câmara dos Deputados do Brasil, Petrobras, AMCHAM Brasil, APEX, Grupo Votorantim, Ministério Público do Trabalho, Caixa Econômica Federal, SEBRAE, Unimed Brasil, Rede Globo de Televisão, Banco Bradesco, Banco Itaú, VIVO. Atua como speaker note em Chicago, Manchester, Londres, Madri, Ruanda, Buenos Aires, Santiago, entre outras. Faz parte do coletivo Repensadores e é conselheiro do Clube de Autores, ganhador do prêmio de empreendedorismo mais inovador do mundo na Feira do Livro de Londres. É fundador da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico, ABEMAIL, IAB, Abradi e Apadi, MMBrasil e fundador do Comitê Digital da ABEMD. É sócio da 5era. Organizou o primeiro ciclo de palestras sobre marketing digital no Brasil, criou a primeira coluna sobre marketing digital em um jornal (PropMark) e em uma Revista (Revista do Marketing e da Comunicação). 

CERTIFICADO

Os cursos livres do Centro de Inovação e Criatividade da ESPM emitem certificado em formato digital. Quando o curso terminar, você vai recebê-lo via e-mail, após o preenchimento da pesquisa do curso.

CANCELAMENTO

Pela ESPM, por falta de quórum, será devolvido 100% do valor pago. O aviso poderá ser feito em até 48 horas antes do início do curso.
 
MUITA ATENÇÃO: Se você reside fora da cidade de São Paulo, certifique-se de que o curso atingiu quórum mínimo antes de comprar sua passagem e reservar sua estada!
A ESPM se isenta de qualquer responsabilidade sobre passagem e hospedagem.
 
Nos casos de CANCELAMENTO:
 
Em caso de pagamento com boleto bancário, o valor será estornado por meio de depósito em conta bancária indicada pelo PARTICIPANTE, em até dez dias úteis.
 
Em caso de pagamento com cartão de crédito, a solicitação de estorno do valor será realizada pela ESPM, à operadora do cartão em até 10 dias úteis.
 
IMPORTANTE: O participante deverá verificar com sua operadora de cartão o prazo do crédito do valor em sua fatura.
Na hipótese de adiamento, será devolvido MEDIANTE REQUERIMENTO EXPRESSO do participante pelo e-mail rasantos@espm.br 100% do valor pago, de acordo com as formas de pagamento descritas acima.
 
A ESPM não se responsabiliza por quaisquer outros valores que eventualmente tenham sido despendidos pelo participante, seja a que título for, tais como passagens aéreas, rodoviárias, combustível, hospedagem, etc., em virtude do cancelamento ou adiamento do curso.

Conheça o campus

  • R. Dr. Álvaro Alvim, 123, Vila Mariana
    São Paulo - São Paulo
    04018-010
    Brasil
    (11) 5085-4600
Tour Virtual

Formas de pagamento

  Valor
1x (BOLETO) R$ 1.099,00
1x (CARTÃO DE CRÉDITO) R$ 1.099,00
2x (CARTÃO DE CRÉDITO) R$ 549,50
3x (CARTÃO DE CRÉDITO) R$ 366,33
4x (CARTÃO DE CRÉDITO) R$ 274,75
5x (CARTÃO DE CRÉDITO) R$ 219,80
6x (CARTÃO DE CRÉDITO) R$ 183,17