Você está aqui

Como se tornar um roteirista – Roteiro e Narrativa

ESPM - São Paulo
  • Extensão
  • 16/09/2017
  • ESPM - São Paulo

Conteúdo exclusivo, desenvolvido em parceria com a Globo.

Unimos toda a tradição da TV Globo com a expertise em marketing e comunicação da ESPM para criarmos um curso de alto impacto, pensado exclusivamente para você.

Durante todo o curso, as aulas são ministradas tanto pela Globo quanto pela ESPM, permitindo ao aluno uma maior fundamentação teórica, ensinada por quem a vivencia no dia a dia do mercado.

SOBRE O CURSO

Com uma grade dinâmica de matérias, o curso explora todo o universo da dramaturgia, sob a visão do roteirista, estimulando a criatividade e analisando estruturas, formatos e gêneros. O aluno aprenderá a criar personagens, narrativas eficientes e ainda desenvolver o senso crítico.

Período de Inscrições: até 15 de setembro

18 Aulas | Aos sábados, das 8h30 às 17h30

16, 23 e 30/09 | 07, 21 e 28/10 | 11, 18 e 25/11 | 02, 09 e 16/12

13 e 20/01/18 | 03, 17 e 24/02/18 | 03/03/18

OBJETIVOS

  • Oferecer formação, com foco em roteiros narrativos de diferentes formatos.
  • Aperfeiçoar técnicas de criação e desenvolvimento de narrativas seriadas.
  • Desenvolver processos, estruturas e formatação de roteiros.

Público-Alvo

Voltado para um profissional que deseja entrar no mercado, ou já está nele, que ainda precisa de noções básicas sobre a temática, a fim de preparar-se para novas oportunidades profissionais.

PROGRAMA

1. Dramaturgia

Princípios gerais da dramaturgia. Tópicos da história da dramaturgia. Estudo da teoria dos gêneros literários, da estrutura e dos elementos do drama, tais como: fábula, tempo, espaço, personagem e diálogo. Visão histórica da noção de drama (formação, crise e retorno ao dramático) e de cada um de seus elementos. Tipos de personagem: a função dramática. Jornada do herói.

2. Estrutura dramática na TV

Os princípios básicos da construção de uma narrativa seriada para TV. Paradigmas e premissas dramáticas. Introdução a construção de universos, personagens, tramas, conflitos, arco dramático, estrutura narrativa do episódio. Ferramentas, ganchos narrativos, gatilhos dramáticos e porta de entrada para novas situações. As diferenças em se escrever episódios para sitcom, procedimentais e dramas de continuidade narrativa. A importância da repetição na construção dramática seriada.

3. Gêneros narrativos e formatos audiovisuais

O conceito de gênero na produção e programação de TV. A dramaturgia específica de cada gênero, suas principais ferramentas e também os multigêneros. A importância em detectar o gênero para potencializar o projeto. O público alvo de cada gênero. Introdução ao conceito de formato audiovisual. Breve histórico da produção seriada de TV nos EUA e no Brasil. Estudo de exemplos de sucessos em gêneros e formatos.

4. Serialização da narrativa

A narrativa seriada dos folhetins às séries atuais. O conceito de serialização da narrativa. A fidelização do público em uma história contada em partes. As mudanças da ficção seriada na TV e o impacto no mercado. Novas janelas de exibição e novas formas de consumo das séries.

5. Geração de ideias e processo de criação

Da ideia ao roteiro. Como definir o formato para diversos meios: cinema, TV, internet, games e outros, assim como seus diferentes mercados e linguagens com atividades práticas em cima de um projeto. Ferramentas e dinâmicas para o processo criativo.

6. Criação de personagens

O que funciona na construção de um personagem clássico. As camadas na construção da personalidade dos personagens principais e secundários. Arco dramático na construção do personagem.

7. Argumento e escaleta: tramas e subtramas

O que é um argumento e como transformar uma ideia em argumento de série. Exemplos de argumentos de séries famosas. O que um canal espera ver na primeira abordagem do projeto. A importância da escaleta para o roteiro e para o trabalho em equipe. Exemplos de escaletas em primeiro ato de séries conhecidas de comédia e de drama. Teia dos personagens a partir da sinopse de episódio como base para escaleta. Exercício de construção de escaleta.

8. Formatação de roteiro

As ferramentas para escrever um bom roteiro. Como desenvolver as descrições, ações e indicações para um roteiro melhor, mais claro e profissional.

9. TV GLOBO

Encontros com roteiristas e profissionais da TV Globo, falando sobre os diversos produtos e processos criativos desenvolvidos pela empresa.

10. Análise de roteiros

Oportunidade para entrar em contato com roteiros relevantes na história do audiovisual, com o objetivo de se refletir sobre a prática. Nessa disciplina, os roteiros podem ser disponibilizados anteriormente para leitura dos estudantes.

Valor do Curso

  • Parcelas
  • Valor
  • 1x Boleto
    R$ 11.520,00
  • 1x Cartão
    R$ 11.520,00
  • 2x Cartão
    R$ 5.760,00
  • 3x Cartão
    R$ 3.840,00
  • 4x Cartão
    R$ 2.880,00
  • 5x Cartão
    R$ 2.304,00
  • 6x Cartão
    R$ 1.920,00
  • 7x Cartão
    R$ 1.645,71
  • 8x Cartão
    R$ 1.440,00
  • 9x Cartão
    R$ 1.280,00
  • 10x Cartão
    R$ 1.152,00

PROFESSORES

Lígia Diogo


Graduada em Cinema e doutora em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Nos últimos 10 anos tem ministrado cursos e workshops sobre cinema, produção audiovisual e processo de criação para diversas mídias. É sócia-fundadora da empresa Segunda-Feira Filmes, onde atua como produtora executiva e coordenadora de criação, participando do desenvolvimento de mostras de cinema, filmes, séries de TV, vídeos para internet e projetos transmídia. 

Pedro Curi


Doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense, onde desenvolveu a pesquisa "À margem da convergência: hábitos de consumo de fãs brasileiros de séries de TV estadunidenses". Possui graduação em Comunicação Social (Jornalismo) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2005) e mestrado em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense (2010). Tem experiência profissional em jornalismo e produção audiovisual, com passagem pelos canais de televisão Globo News e Futura. Pesquisa temas relacionados a cultura dos fãs, cultura participativa, produção voltada para a internet, audiovisual, práticas de produção e ensino de audiovisual, cultura jovem e convergência midiática. Integra os grupos de pesquisa "Modos de Ver – Estudos das salas de cinema, exibição e audiências cinematográficas" e "Economia Criativa, desenvolvimento e território", inscritos no CNPq. Atualmente é professor na ESPM Rio, onde coordena os cursos de graduação de Cinema e Audiovisual e de Jornalismo, além da pós-graduação em Produção Audiovisual. 

Simplício Souza


Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998), mestrado em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense (2006) e doutorado em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense (2014). Atualmente é membro de corpo editorial da Ciberlegenda (UFF. Online), revisor de periódico da Revista Rascunho, autor-roteirista da TV Brasil, membro de corpo editorial da Revista Rascunho, revisor de periódico da Ciberlegenda (UFF. Online), professor de roteiro da Escola de Cinema Darcy Ribeiro, professor assistente I da Escola Superior de Propaganda e Marketing e professor de roteiro da Academia Internacional de Cinema. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Cinema, atuando principalmente nos seguintes temas: realismo, cinema, efeito de real, Roteiro e Direção Cinematográficos, História do Cinema Brasileiro e Teoria dos Cineastas.

CERTIFICADO

Os cursos livres do Centro de Inovação e Criatividade da ESPM emitem certificado em formato digital. Ao final do curso, você o receberá via e-mail, após o preenchimento da pesquisa de satisfação.

CANCELAMENTO

O aviso de cancelamento só poderá ser realizado em até 48 horas antes do início do curso. Pela ESPM, por falta de quórum, será devolvido 100% do valor pago.

ATENÇÃO: Se você reside fora da cidade de São Paulo, certifique-se de que o curso atingiu quórum mínimo antes de comprar sua passagem e reservar sua estada!

A ESPM se isenta de qualquer responsabilidade sobre passagem e hospedagem.

Em casos de CANCELAMENTO:

Quando o pagamento for realizado por boleto, o valor será estornado por meio de depósito em conta bancária, indicada pelo PARTICIPANTE, em até dez dias úteis.

Quando o pagamento for realizado com cartão de crédito, a solicitação de estorno do valor será feita pela ESPM, à operadora do cartão, em até 10 dias úteis.

IMPORTANTE: O participante deverá verificar com sua operadora de cartão o prazo do crédito do valor em sua fatura.

Na hipótese de adiamento, será devolvido 100% do valor pago, MEDIANTE REQUERIMENTO EXPRESSO do participante pelo e-mail rasantos@espm.br, de acordo com as formas de pagamento descritas acima.

A ESPM não se responsabiliza por quaisquer outros valores que, eventualmente, tenham sido despendidos pelo participante em virtude do cancelamento ou adiamento do curso, seja a que título for, tais como passagens aéreas, rodoviárias, combustível, hospedagem, etc.

Conheça o campus

  • R. Joaquim Távora, 1240, Vila Mariana
    São Paulo - São Paulo
    04015-013
    Brasil
    (11) 5081-8200
Tour Virtual