Você está aqui

Encontre um Caso

Considerações sobre a seleção de casos

A escolha do caso para ensino a ser utilizado em sala de aula é uma decisão influenciada por diversos fatores. No entanto, recomendamos que sejam consideradas pelo menos três (3) questões importantes:

1. Identificação com o Caso

A provável identificação dos Estudantes com o protagonista do caso e/ou com a organização retratada no caso constituem importantes fontes de engajamento. A escolha do caso, portanto, não depende apenas das características do caso, mas também do perfil da turma, os interesses comuns e as perspectivas de trabalho. Orientamos os Professores a levar em consideração em que medida os Estudantes com quem trabalha irão se identificar com a narrativa apresentada no caso.

2. “Triângulo do Caso”

Uma das maneiras de se avaliar a adequação de um caso para ensino é avaliar os três elementos centrais da escolha do caso:

· Objetivos de aprendizagem norteadores da atividade;

· Situação-problema (ou oportunidade) abordada na narrativa;

· Teorias e conceitos que podem ser explorados em sala de aula.

3. Nível de Complexidade do Caso

O grau de complexidade presente no caso é provavelmente uma das considerações mais importantes. A avaliação da dificuldade do caso pode ser realizada pela análise de três (3) dimensões da complexidade do caso:

· Dimensão conceitual-teórica: um caso pode ser classificado como mais fácil ou mais difícil de acordo com o repertório conceitual-teórico que se pretende desenvolver em sala de aula, ou então nos pré-requisitos em termos de domínio de conceitos e teorias.

· Dimensão analítica: está relacionada à quantidade e intensidade das tarefas esperadas dos Estudantes na preparação prévia do caso.

· Dimensão apresentação: trata-se do grau de dificuldade do caso em função da maneira como as informações são apresentadas – de forma mais organizada ou menos organizada, ou então em função do excesso ou escassez proposital de informações na narrativa.

O grau de dificuldade do caso, portanto, pode ser decomposto nessas variáveis acima. No entanto, é muito difícil – e provavelmente inadequado – rotular um caso como “fácil”, “médio” ou “difícil”, uma vez que tal avaliação depende do perfil da turma e do contexto de uso.

 

A principal forma para localizar um caso para ensino é por meio de palavras-chave. Para tanto, digite a palavra-chave e depois clique no botão “APLICAR” para visualizar a lista de casos compatíveis. Se for de seu interesse, você pode fazer o download do PDF diretamente a partir do caso.

Você também pode consultar o acervo da Central de Casos ESPM utilizando como critérios TEMA e o AUTOR.     

Para selecionar casos, você pode fazer o download do PDF com o resumo dos casos publicados (clique aqui) ou então utilizar a ferramenta de busca abaixo

 

Encontre um Caso